DAEV - Departamento de Águas e Esgoto de Valinhos

Objetivo é otimizar e dar mais eficiência ao atendimento de rua; equipe de campo trabalhará com a ajuda de tablets


O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) está modernizando seu processo de atendimento nos serviços de campo. A partir do segundo semestre de 2021, a autarquia vai trabalhar com a Ordem de Serviço On-line, que será direcionada às equipes que são responsáveis pelos atendimentos de manutenção de água e esgoto, inspeção de imóveis e pelos serviços de micromedição, incluindo a substituição e a aferição de hidrômetros. 

Dentro do projeto que está em processo de implementação, serão disponibilizados aos servidores tablets com acesso ao sistema de gerenciamento, que permitirá a atualização imediata dos status e rotinas de atendimento. “É uma melhoria fundamental à gestão do serviço a curto, a médio e a longo prazo, pois otimizaremos as rotas de ação das equipes e conseguiremos trabalhar de forma a melhorar o nosso tempo de resposta às situações apresentadas”, disse o presidente da autarquia, o engenheiro Feliph C. Tordin.

Segundo Tordin, a ação também ajudará a reduzir custos de operação e faz parte de uma série de ações de transformação digital que estão em andamento na autarquia. “Queremos promover uma modernização dentro do DAEV, simplificando os trâmites internos e, consequentemente, desburocratizar os serviços que são prestados”, explicou. 

Funcionamento

O Chefe da Divisão de Faturamento, Rafael Braz, faz parte do projeto da Ordem de Serviço On-line e detalhou que o novo sistema de atendimento compreende um fluxo totalmente digital.

Atualmente, a partir da solicitação do cidadão via atendimento presencial ou Central de Atendimento do DAEV (telefone 08000 e WhatsApp), é gerada uma Ordem de Serviço impressa. "Após ser programada no sistema, essa ordem impressa apenas é baixada com as informações quando há a entrega dos documentos ao fim do roteiro, podendo gerar um delay de até 24 horas da execução do serviço até a informação no sistema. Mas a partir do uso da Ordem de Serviço On-line, tudo será feito e controlado eletronicamente, com baixa das informações de atendimento na hora e sem esse intervalo de quase um dia”, falou Braz.

Do momento em que o registro é feito na Central de Atendimento ou no atendimento presencial DAEV até a conclusão do trabalho de campo, a partir da Ordem de Serviço On-line tudo ficará armazenado em sistema gerencial desenvolvido para essa finalidade. Aos gestores será possível acompanhar as resoluções e gerar relatórios que ajudem a buscar mais eficiência nos serviços prestados.

Ainda segundo Braz, o controle vai desde o lançamento do registro do serviço a ser executado, mostrando ao atendente de rua o melhor trajeto até o endereço de ação, inclusão do registro fotográfico do antes e depois, detalhes do que foi realizado e dos equipamentos utilizados, até os atendimentos que serão feitos na sequência e outras funcionalidades.

#PraTodoMundoVer: servidor segura o tablet com a tela inicial ao sistema da Ordem de Serviço On-line, que está em processo de implementação.

Compartilhe:

https://twitter.com/intent/tweet?url=