DAEV - Departamento de Águas e Esgoto de Valinhos

Situação está prevista para ser normalizada a partir da madrugada de sábado, dia 18


O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) – por meio do Departamento de Operação – informa que nesta sexta-feira, 17 de setembro de 2021, identifica desabastecimento de água para os bairros que integram a Área 1 do Programa de Racionamento de Água. Os esforços estão voltados para que a situação seja normalizada a partir da madrugada de sábado, 18 de setembro.

A situação identificada é decorrente de queda de energia na madrugada de hoje (17), que afetou diretamente a captação do recurso bruto nas barragens Moinho Velho e das Figueiras, que estão operando com níveis muito baixos de captação. A partir do ocorrido, houve o descompasso de alimentação do recurso para o sistema de abastecimento à Estação de Tratamento de Água (ETA), que trata e distribui a água para os locais que integram a Área 1 do Programa de Racionamento de Água.  

Podem ser afetados com a baixa recuperação dos reservatórios de água trata e baixa pressão de distribuição do recurso hoje (17) os bairros: Jardim Imperial, Vila Imperial, São Jorge, Jardim Panorama, Residencial Augusto Valentim Juliato, Vila Pagano, Jardim  do Lago, Jardim  Maracanã, Chácaras Silvânia, Vale do Itamaracá, Village do Itamaracá I e II, Reserva do Itamaracá, Paiquerê, Condomínio Villa Araucária, Sítio Recreio dos Cafezais, Condomínio Villagio Florença, Condomínio Quinta das Oliveiras, Condomínio Millenium, Condomínio Morada das Nascentes, Condomínio Residencial Blumen Hof, Condomínio Quinta do Porto, Quinta das Parreiras, Condomínio Camburi, Vila Murano, Vila Toscana, Colina do Sol, Condomínio Oruam, Condomínio Tabapuã, Condomínio Monterosso, Monte Carlo, Nova Suíça, Nova Itália, Condomínio  Serra D´agua, Vila Brasiliana, Reserva das Palmeiras, Apaga Fogo, Jardim  Recanto, Terras do Paiquerê, Portal do Quiririn, Condomínio  Athenas, Moinho Verde, Bougainvillea, Vila Progresso, Santa Marina, Jardim  Valença, Itamambuca, Residencial Ouro Verde, Pq. Florence, Santa Escolástica, Quinta das Jabuticabeiras, Pacaembu e Residencial Vale do Sol.

A equipe de Operação também explicou que a oscilação de energia ocorreu durante a recuperação do sistema após o término do racionamento de água a Área 1, o que acabou por afetar diretamente na manutenção dos níveis dos reservatórios que abastecem os locais que integram o setor de abastecimento.

Racionamento deve ser intensificado

Diante da situação, o DAEV informa que deverá intensificar o racionamento de água na cidade. A possibilidade tem sido atualmente estudada pelo grupo técnico da autarquia e tornou-se foco das últimas reuniões da equipe de trabalho, que trata dos assuntos de estiagem e racionamento.

A análise quanto à possibilidade de alteração da forma de funcionamento do rodízio de água tem motivo: a não recuperação dos mananciais internos de Valinhos diante do baixíssimo índice pluviométrico identificado na cidade. Para setembro são estimados 63,65mm de chuva, mas o acumulado até a manhã desta sexta-feira (17) é de apenas 11% desse total (7mm). Desde fevereiro de 2021 não chove o que era aguardado ao município.

Compartilhe:

https://twitter.com/intent/tweet?url=