DAEV - Departamento de Águas e Esgoto de Valinhos

Baixa dos mananciais internos, altas temperaturas, ausência de chuvas e alto consumo afetam diretamente na captação e fornecimento do recurso aos moradores


O Departamento de Operação, do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV), compartilhou os dados atualizados na manhã deste domingo, 19 de setembro de 2021, referentes ao mapa de tendência do abastecimento para hoje.

As informações compreendem a possibilidade ou a situação de desabastecimento resultante do baixo nível dos mananciais internos, somando à falta de chuvas e alto consumo do recurso pela população, que consequentemente podem afetar os reservatórios e gerar baixa pressão na rede de distribuição de água.

Segundo a equipe os locais que podem ser afetados são Ortizes, Nova Era, Pedra Verde, Bom Retiro, Jardim Santa Eliza, Jardim São Pedro, Maison Blanche e San Marino. No período da tarde podem ser afetados a região do Imperial, São Jorge, Jardim Panorama, Jardim do Lago, Jardim Maracanã, Parque Florence, Condomínio Itamambuca, Jardim Pacaembu, Jardim Nova Palmares, Figueiras e União.

A previsão é que o fornecimento de água comece a ser normalizado durante a madrugada de domingo (19) para segunda (20).

Nova etapa do rodízio

O DAEV vai intensificar já a partir de segunda-feira, 20 de setembro de 2021, o racionamento de água na cidade, com a alteração do cronograma de fornecimento do recurso tratado para os bairros. A necessidade de tornar mais rígidas as regras do rodízio de água tem motivo: os mananciais internos de Valinhos não têm se recuperado diante do baixíssimo índice pluviométrico identificado na cidade desde fevereiro deste ano. 

A água dos mananciais internos é aquela que é enviada à Estação de Tratamento de Água (ETA) 1 (foto), do Vila Embaré. Sem recursos suficientes para ‘trabalhar’, a ETA 1 precisa agora do aporte do sistema da ETA 2, que fica no Vila Sônia e tem abastecimento pelo Rio Atibaia. 

As novas regras para intensificação do Programa de Racionamento de Água foram estruturadas pelo grupo técnico do DAEV com o objetivo de possibilitar arranjos físicos, que possibilitem equilibrar os dois sistemas de tratamento de água de Valinhos, e que são a ETA 1 e a ETA 2. Desta forma, as Áreas 2 e 3 serão agora subdividas, passando a existir, também, as Áreas 2A e 3A. Outra alteração importante é que as Áreas 1 e 3A passam a ter interrupção no abastecimento três vezes na semana. 

A partir da próxima segunda-feira (20) passa a valer o seguinte cronograma: a Área 1 ficará sem o abastecimento às segundas, quartas e sextas-feiras. Já na Área 2 será aos domingos e quartas, enquanto que na Área 2A será às segundas e sextas-feiras. Nas Áreas 3 o rodízio será de terça e sábado, enquanto que na 3A será às terças, quintas e sábados. A Área 4 terá supressão do fornecimento de água aos domingos e quintas-feiras. O centro continua sem o fornecimento de água aos domingos. 

A supressão de fornecimento de água aos locais abrangidos em cada uma das áreas continua a ser por 18 horas seguidas, das 10 horas da manhã às 4 horas da madrugada.

A supressão de fornecimento de água aos locais abrangidos em cada uma das áreas continua a ser por 18 horas seguidas, das 10 horas da manhã às 4 horas da madrugada. Todas as informações estão no site do DAEV (www.daev.org.br), clicando em "Racionamento: locais, dias e horários". 

Compartilhe:

https://twitter.com/intent/tweet?url=